Geração de energia solar e a pandemia: qual a relação?

Você sabia que a geração de energia solar aumentou durante a pandemia?

De acordo com dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), no último semestre de 2020, houve um crescimento de 45% na aquisição do sistema fotovoltaico aqui no Brasil.

Outro dado – este divulgado pelo portal de notícias Época – afirma que o mercado de energia solar foi um dos que mais cresceu no primeiro ano da pandemia, sendo que as instalações tiveram um salto de 70%, atraindo grandes investidores para o país.

Mesmo em tempos de incertezas, essa é uma prova que a geração de energia solar continua trazendo grandes benefícios para pessoas físicas, empresas, indústrias e para a produção rural.

A seguir, vamos elencar algumas vantagens de você também investir em energia solar mesmo durante a pandemia.

Com a pandemia, aumentou o consumo de eletricidade nas casas

Com mais pessoas trabalhando em home office ou estudando de forma remota, aumentou a demanda por eletricidade nas residências.

Mais computadores ligados, além de aparelhos eletrodomésticos e aparelhos de ar-condicionado fazem com que a conta de luz fique mais alta – sem contar que os brasileiros também ficam à mercê das bandeiras tarifárias.

Quando você opta pela geração de energia solar em casa ou em seu apartamento, saiba que a economia pode ser de até 95% na conta de luz.

Com a geração de energia solar, você pode acumular créditos junto à distribuidora

Com a pandemia, a necessidade de economizarmos o quanto pudermos tornou-se ainda mais necessária.

Nesse ponto, além de trazer a redução na conta de luz, outra vantagem da geração de energia solar é o chamado Net Metering, que faz você economizar ainda mais.

Nessa modalidade, o sistema fotovoltaico é ligado à rede de energia da sua região e sempre que ele produzir mais energia do que o imóvel consumiu no período, esse excedente é injetado na rede da distribuidora.

Nesse caso, você fica com créditos em kWh (quilowatt-hora) para utilizar em até 60 meses. Isso significa que nos períodos em que o sistema produzir menos energia (como em períodos chuvosos, por exemplo), você pode pegar esses créditos e continuar economizando.

É importante ressaltar que com a energia solar, você acompanha em tempo real tudo o que foi produzido e consumido no imóvel por meio de um site ou de um aplicativo em seu dispositivo móvel.

Em tempos de pandemia, a geração de energia solar gera empregos

Outra relação direta entre a geração de energia solar e a pandemia é o aumento da criação de empregos no Brasil.

De acordo com dados da ABSOLAR, o nosso país ultrapassou em 2020 a marca histórica de 6 GW (gigawatts) de potência operacional de energia solar instalada em usinas de pequeno, médio e grande porte.

Ainda segundo o levantamento, apenas no primeiro semestre de 2020, a geração de energia solar foi responsável pela criação de 41 mil empregos – mesmo em tempos de crise econômica e queda nas atividades em diversos setores.

A geração de energia solar tem payback garantido

Em tempos de pandemia, os investimentos que fazemos precisam oferecer um retorno. E com a energia solar, esse retorno é garantido.

Em primeiro lugar, o payback – a quantidade de tempo que o valor investido no sistema é totalmente pago – costuma ser de médio prazo: dependendo das características de cada projeto, o investimento geralmente é totalmente pago entre 4 e 7 anos. Depois disso, a economia na conta é ainda mais perceptível.

Fica claro que a geração de energia solar é sempre um bom negócio – seja em tempos de pandemia ou não.

A economia é sentida já nos primeiros meses em sua conta de luz – e ela não é apenas financeira. Todo o meio ambiente ganha com isso, já que estamos falando de uma energia proveniente de uma fonte renovável na natureza.

Por isso, convidamos você a fazer uma simulação em nossa calculadora para saber o quanto você pode economizar com a energia solar em seu imóvel. Acesse agora mesmo!

Deixe um comentário