Guia para quem deseja instalar energia solar fotovoltaica

Instalar energia solar pode parecer complicado quando se olha de fora, não é mesmo? Mas na verdade essa tarefa é tão simples quanto o próprio funcionamento da tecnologia, que pode fazer você economizar até 95% em sua conta de luz.

No entanto, para que isso seja uma realidade em seu caso específico, é necessário antes de tudo contar com uma empresa qualificada e de confiança – pois ela saberá o que fazer.

Então, se você quer entrar para o time das 319 mil unidades consumidoras que já produzem energia solar no Brasil, confira este guia simples para entender como instalar o sistema – seja para casas, empresas, propriedades rurais, indústrias e locais públicos.

Passo 1: Escolha da empresa para instalar energia solar

Este é o passo que definirá o sucesso dos demais. Escolher uma empresa qualificada e competente é importante porque isso previne você de vários problemas com instalações mal feitas que podem ocasionar consequências, tais como:

  • geração de energia menor que proposta, por falha no projeto;
  • estruturas que não suportam o peso dos painéis solares instalados;
  • choques elétricos durante o processo de instalação e manutenção;
  • painéis se desprendendo da estrutura;
  • goteiras e vazamentos no telhado;
  • baixa eficiência dos painéis por estarem instalados em locais com muita área de sombreamento.

Entende como é importante contar com uma empresa qualificada para se livrar desses perigos? A dica é sempre verificar o portfólio de projetos instalados e o feedback dos clientes para você avaliar.

Além disso, a empresa especializada em energia solar precisa saber informar dados importantes, como as condições de pagamento, as opções de financiamento, a garantia do sistema, etc.

Passo 2: Avaliação da situação do local onde será instalada a energia solar

Quando você entra em contato com uma empresa de energia solar, a instalação não ocorre imediatamente.

Antes, a equipe técnica precisa fazer uma avaliação detalhada do local onde será instalado o sistema e de outras condições técnicas para te fornecer o orçamento.

Quer exemplos de itens a serem avaliados?

  • O padrão de consumo de energia do imóvel;
  • O local onde serão instalados os painéis solares (para a escolha do tamanho e da quantidade deles);
  • A posição onde os painéis serão instalados (precisa ser onde tenha mais incidência de luz solar);
  • O tipo de instalação (On Grid ou Off Grid);
  • Se a geração de energia será compartilhada com outros imóveis.

Quando você recebe o orçamento, é possível saber também qual será o payback de energia solar, ou seja, em quanto tempo o sistema estará totalmente pago, passando a gerar lucro na forma de desconto na conta.

Passo 3: Instalação da energia solar fotovoltaica

O terceiro passo para instalar energia solar é a instalação propriamente dita. O kit de instalação do sistema fotovoltaico é composto por alguns itens, tais como:

  • painéis solares (também chamados de módulos fotovoltaicos);
  • estrutura de fixação dos painéis solares;
  • componentes para fazer as interligações, como cabos e conectores;
  • um inversor solar, que é o equipamento que converte a energia do Sol em energia elétrica (como explicamos neste post aqui);
  • painel de proteções de corrente contínua e corrente alternada;
  • aterramento.

Lembre-se que a energia solar pode ser interligada à rede de energia da região (sistema on grid) ou funcionar de forma totalmente independente com o uso de baterias que armazenam o excedente produzido (sistema off grid).

Ah, e tem um detalhe importante: a gente sempre diz que investir em energia solar é investir na liberdade de produzir a própria eletricidade de forma limpa e sustentável. E essa autonomia é realmente percebida na prática.

Ao instalar energia solar, você consegue fazer o monitoramento da energia em tempo real por meio de aplicativos específicos, gerando ainda a vantagem da mobilidade – imagine uma fábrica podendo fazer esse monitoramento?

Passo 4: Manutenção e limpeza do sistema fotovoltaico

Outro passo importante para instalar energia solar é saber como funciona a manutenção do sistema.

Além de ter uma longa vida útil (25 anos em potência máxima chegando a 50 anos em potência reduzida), a manutenção do sistema fotovoltaico é muito simples: basta limpar os painéis solares com água sempre que você ver que eles estão muito empoeirados e sujos.

Para uma maior comodidade, o processo de limpeza e manutenção pode ser feito pela própria empresa que você contratou, desde que ela possua equipamentos específicos para garantir que a limpeza fique 100%. Aqui na Reevisa, por exemplo, temos pacotes especiais de manutenção e limpeza que atendem a todos os tipos de clientes.

E quanto ao processo de manutenção, ele pode ser feito de forma preventiva (com testes de verificação do correto funcionamento do sistema) e corretiva, caso haja algum incidente.

E então? Ficou mais claro este tema? O próximo passo é você entrar entrar em contato com a equipe da Reevisa para tirar todas as dúvidas sobre como instalar energia solar especificamente em seu imóvel.

Deixe um comentário